março 20

Mais do mesmo… como sempre… apenas mais palavras jogadas ao vento!

Bom… depois de tanto tempo sem vir aqui escrever… resolvi desabafar um pouco…

Cadê o tampinha do Yoda?? Deve tá bebendo umas com o Anakin… poxa… devia estar lá também… mas paciência, estou aqui escrevendo mais um texto sem pé nem cabeça, sabe aquele monte de merda que você vai escrevendo sem nem prestar atenção? Pois é, é isso aqui esse texto.

Enquanto você lê esse texto vou deixar aqui pelo menos uma música bacana para você ouvir! 😀

Bom… por onde começar?

Yoda – Gordo idiota! Pelo começo deve começar!

Opá.. está ai tampinha?

Não, em Tatoine no puteiro eu estou!

¬_¬

Parece ser fácil sair jogando palavras no post, mas quando você começa a pensar que outras pessoas também irão ler, começa a ficar mais complicado ainda quando essas mesmas pessoas acham que você está escrevendo sobre elas! Pode ser que sim, pode ser que não! Quem vai saber né?

Não escrevo sobre ninguém e muito menos para alguém, na verdade, eu escrevo apenas para mim! Escrevo para desabafar, para falar coisas que estou sentindo, coisas que me aconteceram e coisas que estão acontecendo!

Ultimamente minha vida pessoal/amorosa esta mais esquecida que os… como era mesmo o nome?? Bom, mais ou menos assim!

Minha vida profissional? Bom.. essa também esta bem complicada, agora que estou ai disponível no mercado e sendo chamado de velho quando tento procurar uma vaga na minha área (TI – Infraestrutura e Segurança) pois né, não tenho mais 20 anos.. já estou caminhando para o meu 36º outono! Poxa mas ainda sou novo, mas profissionalmente falando, já passei da idade de ser um mero analista pleno, para muitas empresas isso pesa muito.

Outra música foda para você que ainda esta lendo esse texto!

And to this thing
I do surrender
To the darker sin
I climb with a vine
On a graveyard train
Hauling away
Drowning to die
Down four fathom five
Dwell hollow ground
Dark hollow trees

E essa situação reflete demais na minha vida pessoal, desânimo, descontentamento, tristeza. Se aquela máxima do “Coisas ruins atraem coisas ruins” for realmente uma verdade absoluta então eu estou no caminho certo (ou errado) depende de quem está olhando!

Não fico apenas pensando que tudo está errado ou que tudo dará errado, apenas estou (fazendo como muitos falaram para fazer) “deixe que com o tempo as coisas melhoram”! ERRADO quem pensa assim, o tempo só serve para passar… nada mais! Um resfriado passa em 7 dias, uma dor em algumas horas, uma ferida se regenera em alguns dias! E assim por diante!

Essa aqui é só porque resolvi mudar o contexto! Mas ainda falando sobre mim!

Preciso tomar vergonha na cara e dar um jeito no meu lado “O Bom Samaritano”, o Vilela que é bonzinho com todo mundo, que gosta de ajudar, de ser prestativo, de ser o idiota! Sim, porque no fundo eu sou um idiota, por acreditar que existe algo onde não existe, por criar ilusões que se transformarão em desilusões e irão me magoa profundamente, mas assim como a Dory, “continuarei a sorrir” por fora né!

Preciso criar vergonha na cara e mudar muitas coisas que estão em mim! Pensamentos, modos de agir, de pensar, de falar e de sentir! Preciso parar de acreditar nas pessoas, de criar esperanças e expectativas em vão, pois não vivemos de sonhos, pois não estamos numa Matrix, tenho que fazer e acontecer apenas para mim, provar que sou capaz apenas para mim, como disse Frank Underwood: “Rezo apenas por mim mesmo!“.

E vou deixar essa última aqui que é para acordarmos todos os dias com o mesmo pensamento: Por que amanhã é um outro dia!”


Tags:, ,

Posted 20 de março de 2014 by Vilela in category "ETC", "Texto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Protected with IP Blacklist CloudIP Blacklist Cloud