junho 29

Direitos que não tenho!

O texto de hoje crianças é sobre diretos! Não, não estamos falando de direitos civis, humanos ou qualquer outra caralha que pudesse caber aqui nesse texto medíocre! O direito que eu quero conversar com vocês é o “direito de não fazer a outra pessoa triste”.

Poxa mas isso é possível?

NÃO, NÃO É POSSÍVEL!!

O baque inicial não tem como ser evitado! Sempre vai rolar algo, por mais que você estude todos os ângulos de visão, todas as estratégias possíveis, você sempre fará alguém triste em algum momento da sua vida! E digo mais, meu pequeno padawan! Você fara isso mais de uma vez na vida!
Um tempo atrás escrevi um texto aqui todo mimizento falando sobre o momento errado de se dizer para uma pessoa que você esta gostando dela! Pois bem, se isso aconteceu com você também, meus pêsames! Você se fudeu!!

Então seguindo essa linha de pensamento cheguei a conclusão que não tenho o direito de fazer essa pessoa triste, por mais que ela tenha ficado triste com o fato de eu gostar dela no momento errado, quando ela acabará de se apaixonar por outro cara! Eu não tenho o direito de ficar rondando a vida dela com minha depressão por não ser correspondido. Não tenho o direito de tirar aquele sorriso lindo do rosto dela! Nem do brilho dos seus amigos olhos! A vida segue para ambos, porém cada um para o seu lado! Enquanto houver qualquer resquício daquele sentimento por ela no meu coração será a distancia a minha única forma de me curar! E também a única forma de não deixar ela mais triste ainda!


Tags:

Posted 29 de junho de 2014 by Vilela in category "ETC", "Texto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Protected with IP Blacklist CloudIP Blacklist Cloud