dezembro 5

Campanha: “Ingreis” não!

Caros, mais uma vez estou aqui para iniciar uma nova campanha, “Ingreis” não!, uma campanha contra a utilização de termos em inglês em frases da nossa querida língua portuguesa!

Motivo

O motivo é simples, para que usar termos em inglês (ou de qualquer outra língua estrangeira) em lugares em que poderiam, não, DEVERIA-MOS usar o termo em nosso idioma, o português!
Detesto quando estou conversando com alguém e essa pessoa começa a utilizar vários termos em inglês, HELLO, vamos parar com isso, você não é americano, você é BRASILEIRO e está no BRASIL, portanto a LÍNGUA PORTUGUESA é a que deve ser usada, não que eu não conheça o termo ou que eu não saiba falar o inglês, mas pera lá tudo tem limite.

Porque?

Simples também, como já disse anteriormente ESTAMOS NO BRASIL E SOMOS BRASILEIROS, e o nosso idioma é o PORTUGUÊS.

A Campanha

Vamos nos policiar, nada de usar termos de outro idioma em frases onde podemos e devemos, usar um termo de nosso idioma um exemplo simples e básico o termo feedback (feed-back) ou feed back:

Oque significa:

– feedback (feed-back): gabarito

– feed back: ser alimentado

A Frase:

– “Preciso aplicar um feed back (feedback) em uma funcionária!”

Ao pé-da-letra:

– “Preciso aplicar um gabarito (alimenta-la traseiramente) em uma funcionária!”

O que ela quiz dizer:

– “Preciso aplicar uma correção (dar um retorno) em uma funcionária!”

Qual a dificuldade de usar termos em português para frases em português, outros exemplos simples, Briefing ao invés de Relatório, Schedulle ao invés de Agenda, Turn-Over (usado para entrada e desligamento de funcionários de uma empresa) ao invés de Alta Rotatividade de Funcionários.

Texto Original do “A Beira de um Ataque de Nervos” Data 10/10/2007


Tags:,

Posted 5 de dezembro de 2010 by Vilela in category "ABDUADN", "Texto

3 COMMENTS :

  1. By shadowmanson on

    Dentro de alguns anos, se o Brasil não fosse tão falho na educação (digo isso com um ‘ainda bem’ estampado na face) o português iria aos poucos sendo esquecido e adotaríamos o inglês como língua nacional, mas creio que isto seja devido a falha também no idioma português que pra quem conhece se demonstra tão rico e belo, mas é esquecido…
    …é coisa de país sub-desenvolvido que cá entre nós é sub-desenvolvido por ser de maior valor para os maiores que querem ele assim…

    Reply
  2. By Vilela (Post author) on

    Educação nesse pais é coisa muito esquecida… não adianta encontrar um culpado… porque todos somos culpados… desde os governantes até a população que aceita essas coisas, por causa de modismo ou pro acharem que é “bacana” falar assim.. um “americanismo” do nosso português!!!

    Reply
  3. By shadowmanson on

    É, realmente…
    …Hoje perguntaram pro Tiririca qual será o primeiro projeto a ser feito por ele…e ele respondeu: Um Apartamento.
    Quando a reporte disse: “Não, estou me referindo ao povo”, ele disse: “Povo? Que povo??”

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Protected with IP Blacklist CloudIP Blacklist Cloud